sexta-feira, 10 de março de 2017

ALMA VAZIA






Trazes na tua boca
Um lindo sorriso rasgado
E trazes na tua mão
Uma bela rosa encarnada
Também trazes no teu peito
Um coração já vazio
O teu amor foi embora
E dentro dele não há nada.

Trazes a alma vazia
E os retalhos de uma vida
Trazes nos bolsos rasgados
Só a sombra da poeira
O que fizeste da vida
Meu pedacinho de gente não
Tem coração que aguente
Que sofras desta maneira.

Nina.

Dedicado ao meu filho.

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Apenas quero ser eu




Quero ser a tua sombra,
Caminhando a teu lado
Como modesta que sou,
Ser humilde e paciente
Sem pretender ser diferente,
Do mundo que me gerou.

Quero sentir a saudade,
Viver na felicidade
Que de algum modo conheço,
Se não sou um vendaval
Quero ao menos ser igual,
À quilo que então pareço.

Quero ter na minha voz,
O amor que há entre nós
E vive-lo com coragem,
Em mensagem de ternura
Quero partir à procura,
Da sombra da tua imagem.

Vou recitar cada dia,
Versos da minha poesia
Deste amor tão renegado,
    Nos sonhos que em mim existe
Não quero ser sombra triste,
    Quero estar sempre a teu lado.


sábado, 26 de novembro de 2016

A falta que me faz



Olho ao meu redor
procuro-te intensamente
e nada vejo além da tua falta
além deste vazio.

passo algumas horas do meu dia
olhando o horizonte
além das brumas que suavemente
se deslocam.
O vazio de não te ter aqui, vai doendo.

Choro em silêncio
as lágrimas se movem em minha face
nas madrugadas que preenchem
os meus olhos dia, a dia...
mais parecem um mar de tempestade.

Sentimentos perdidos
coração doído
por que não estas aqui.
Procuro entender
procuro respostas
mas todas me fogem, só para dar lugar
Às dúvidas que me secam a alma.

Sinto-me perdida perdi o norte
perdi a sorte, da minha vida
que hoje se faz de recordações. 


segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Meu Portugal




Minha vida é mar salgado
Na onda que eu procuro
Meu destino meu passado
Teu amor porto seguro.

Minha nuvem descoberta
Meu firmamento perdido
Meu sentimento deserto
Meu receio proibido.

Minha suave loucura
Minha constante ansiedade
Minha ditosa ventura
Ó meu mar de tempestade.

Meu cabo de boa esperança
Meu grito de timidez
Meu soluçar de criança
Neste canto Português.



terça-feira, 1 de novembro de 2016

O teu olhar


Os teus olhos cor de mel
São belos como o sol-pôr
Transmitem há minha alma
O brilho do teu amor.

Nos olhos tristes disfarças
A saudade escondida
Nesse olhar que vais mostrando
A sombra oculta da vida.

Já não posso vislumbrar
Esse olhar aterrador
Que teimas em não mostrar
A beleza desse amor.

Teus olhos loucos patetas
Rimando sonhos de amor
São duas continhas pretas
 Acalmando a minha dor.

E sempre que o teu olhar
Procura no meu, guarida
Mais pareço folha morta
Na face escura da vida.

sábado, 1 de outubro de 2016

Minha neta meu poema

 
Minha neta meu poema
Minha doce inspiração
Amor por mim estimado
Musa da minha canção

Meu pedacinho de luz
Teus olhos vindos do céu
Meu botãozinho de rosa
És meu prémio meu troféu.

Minha neta tão amada
Minha alvorada meu dia
Meu canto de ave encantada
Minha doce melodia

Tens no rosto tal beleza
Que à natureza faz espanto
Tens perfil de uma flor
Minha neta meu encanto

Minha tela começada
A ti te dou meu amor
Meu sonho tão desejado
Minha luta minha dor

Meu sol de cada manhã
A ti te dou minha vida
A maior pena que tenho
É que fui por ti esquecida

Meu amor não foi em vão
O quanto por ti sofri
Deus me deu a recompensa
Pois sei que gostas de mim

O teu amor inocente
Com tanta realidade
Dás-me alegria na vida
E me amas de verdade.


sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Amor tardio



Se vieres vem devagar e com jeitinho
Colher do meu jardim a tua flor
Não acordes por favor deixa ficar
No meu peito a essência deste amor

Já é tarde deixa que fique sossegado
No meu peito ele está adormecido
Não o despertes por favor toma cuidado
Deixa-me ao menos eu poder sonhar contigo

Quando o amor nos toca há porta
 e já vem tarde
Já não se pode nele mais ter confiança
Talvez quem sabe ele encontre outro lugar
A onde possa acalentar a sua esperança.


Publicação em destaque

ALMA VAZIA

Trazes na tua boca Um lindo sorriso rasgado E trazes na tua mão Uma bela rosa encarnada Também trazes no teu peito U...